Financiamentos duvidosos: desta feita à UGT

Já falei sobre isto aqui antes a propósito dos financiamentos do BES ao PCP, a outros partidos e ao presidente da república.

Total transparência nos financiamentos públicos e bancários de partidos políticos e parceiros sociais desde, pelo menos, inícios de 2011, faria maravilhas pela compreensão do que se passou em termos de (des)mobilização social neste país empobrecido pela Troika.

Hoje fizeram-me chegar mais uma notícia, desta feita de 2013 e sobre a UGT.
http://www.ionline.pt/artigos/dinheiro/estado-fiador-da-ugt-1996/pag/-1

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: