Vale a pena ler: “Mãos Sujas” de Sartre

O confronto entre pragmatismo e idealismo é uma realidade quotidiana que importa ter em conta. "Mãos Sujas" é um livro que incomoda a ler, fazendo o leitor simpatizar, ora com uma corrente/personagem, ora com outra, desprezando ambos enquanto procura para si o que poderia ser um suposto "rumo certo". Um rumo que não existe, por ser feito de confrontos, alternâncias, dominâncias, equilíbrios, e nuances entre várias posições; por ser feito de opções individuais que geram opções colectivas dinâmicas, difíceis de prever, mas que, paradoxalmente, muitos de nós pensamos que conseguimos controlar.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: